Devido a pandemia de coronavírus, as produções cinematográficas estão paralisadas e nenhuma estreia está prevista tão cedo. Por este motivo, a maior rede de cinemas do Japão apostou em filmes que marcaram época para reabrirem as portas.

Filme E.T. O Extraterrestre
Filme E.T. O Extraterrestre/ Reprodução

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, liberou a reabertura dos cinemas no país, mesmo com a pandemia de coronavírus ainda sendo um risco. Sendo assim, as bilheterias se viram com um problema, sem ter que o exibir.

Já que as produções audiovisuais estão pausadas por tempo indeterminado, e os lançamentos foram adiados para o final do ano (até o momento), a solução que a Toho Cinemas – maior rede do país – encontrou, foi exibir filmes clássicos.

Portanto, entre as 10 salas reabertas na última sexta-feira (15), estão novamente em cartaz: O Mágico de Oz (1939), Bem-Hur (1959), Amor, Sublime Amor (1961), E.T. O Extraterrestre (1982), Blade Runner, o Caçador de Androids (1982), Um Sonho de Liberdade (1994), entre outros.

Além desses clássicos norte-americanos, produções asiáticas também estão entre as opções. De acordo com a revista Hollywood Reporter, os títulos que entraram na bilheteria foram: os animes Your Name (2016), Shin Godzilla (2016), e o longa sul-coreano, vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2020, Parasita.