Enredo complexo, diálogos longos, ritmo lento, dúzias de núcleos, reviravoltas e novos personagens a cada episódio: para manter Game of Thrones comercial (e dentro do orçamento) foi necessário excluir uma fatia MUITO GRANDE da história original. Alguns desses cortes não foram tão significativos, mas outros… bom, só quem leu os livros sabe quanto deixaram saudade. Vou contar agora 8 diferenças entre o livro e a série Game of Thrones que fizeram falta para os leitores!

Esta lista foi criada com base nas opiniões garimpadas em grandes portais, de vários amigos leitores e, claro, as minhas mesmo. Porque eu li todos aqueles calhamaços e conquistei meu lugar de fala com honra e mérito.

Também não estou aqui para discutir se o livro é melhor que a série. Primeiro porque: é claro que é. Segundo porque “melhor” não significa que automaticamente a outra opção é “ruim”. A série é MUITO BOA. Fizeram um trabalho sensacional com a produção e o tempo que tinham. Dá um prazer enorme assistir Jon, Tyrion, Arya, Cersei, enfim, todos os grandes personagens que estão lá, independente de quantos ficaram fora.

Isto posto, outro aviso importante: este artigo (obviamente) contém spoilers dos livros As Crônicas de Gelo e Fogo. Se você ainda está lendo ou pretende ler, pense se vale a pena continuar.

Agora, se você não leu nenhum e nem pretende ler, pode gostar de dar uma olhada no oceano que separa os livros da série. Vamos lá?

8 diferenças entre o livro e a série Game of Thrones que fizeram falta para os leitores

1) Senhora Coração de Pedra

Para quem não sabe: Senhora Coração de Pedra é como “atualmente” (nos livros) é chamada – nada mais, nada menos – Lady Catelyn Stark.

Espera, como assim atualmente? Ela não morreu nos livros?

Morreu, gente. Mas voltou. O corpo dela foi encontrado pela Irmandade depois de alguns dias boiando na água e Thoros de Myr trouxe ela de volta à “vida”. “Vida” porque não dá pra chamar a condição em que ela volta de vida. Pra começar, ela ainda parece um cadáver, pele inchada, marcas no rosto, corte na garganta, uma figura pouco cremosa mesmo. Para terminar, ela mal parece mais a mesma pessoa, pois tudo que quer é vingança e enforcar qualquer um associado aos Frey, aos Bolton ou aos Lannister. Acho que enforcaria até um gatinho nascido em Rochedo Casterly, se cruzasse com um.

Senhora Coração de Pedra

Sabe que até agora esse negócio de terem cortado Lady Stoneheart da série não me desce bem pela goela? É um personagem com MUITO apelo comercial, imagina quantos arrepios causaria nas pessoas!

E a Senhora Coração de Pedra mudou drasticamente o destino de Brienne nos livros, sem dúvida seria muito mais “Game of Thrones” do que ela tendo sucesso em sua jornada e salvando Sansa (que nem deveria estar lá, mas isso é papo pra outro tópico).

Nos livros, após o encontro de Brienne com Lady Stoneheart, ela deixou de caçar Sansa e está na caça de Jaime Lannister. Parece que o jogo virou, não é mesmo?

2) Valonqar

Nunca ouviu falar nisso? Certo, vou explicar. Lembra da primeira cena do primeiro episódio da quinta temporada, que era a Cersei juvenil se embrenhando no mato pra conversar com uma vidente? A profecia mostrada na série é apenas uma parte da descrita nos livros. A série deixou de lado uma parte MUITO LEGAL da desgraceira prevista para Cersei: a do Valonqar.

De acordo com a Maggy (nome da vidente), depois de ser substituída por uma rainha mais jovem, bela etc. e ver seus filhos morrerem, Cersei perderia a vida nas mãos do Valonqar, que significa “irmão mais novo”.

MEU DEUS, TYRION VAI MATAR A CERSEI?

Pode ser que sim, pode ser que não. Dessa profecia surgem algumas das teorias mais bacanas entre os leitores, a de que o Valonqar, na verdade, seja Jaime Lannister. Porque Cersei nasceu minutos antes dele, então, não deixa de ser a irmã mais velha. Já pensou que reviravolta? De amantes a assassinos? ISSO É MUITO GAME OF THRONES, CARA. E acompanhar a neura da Cersei não tem preço.

Valonqar

3) Rickon Stark vive!

Na série, Rickon é assassinado por Ramsay (Snow) Bolton na frente de Jon e Sansa, numa cena bem desnecessária para reforçar quanto o personagem é cruel. Como se ninguém já soubesse disso.

Rickon Stark

Coitado do Rickon da série. Ele reclamou/fugiu/desapareceu todas as temporadas, quando reaparece é pra morrer? Fiquei com a impressão de que os diretores não tinham tempo/dinheiro/roteiro para fazer algo interessante com ele e decidiram matá-lo só para não deixar ponto sem nó.

Nos livros, Rickon ainda está vivo, desaparecido com Osha, provavelmente em Skagos. Sabe o que é Skagos? Uma ilha do Norte, subjugada a Winterfell na teoria, mas que não se importa com o que rola no continente. Seus mares são bem difíceis de navegar e até marinheiros experientes evitam se possível. Os skagosi vivem a própria lei, são um tanto primitivos e talvez com tendências ao canibalismo. É um lugarzinho bem sinistro, se quer saber.

Agora vamos juntar dois mais dois: Rickon, nos livros, sempre foi o filho mais “selvagem” dos Stark – impulsivo, explosivo e agressivo. Cão Felpudo, o lobo, refletia essa personalidade. Com todo o festival de más escolhas que Theon proporcionou, o garoto ficou ainda pior, e me vai parar logo em Skagos?

De duas uma, ou esse garoto vai ser comido por canibais ou, nos livros, vai retornar como uma besta selvagem legal demais.

Inclusive, seria um destino muito incrível pra mais um Stark: Arya virou assassina profissional, Bran um semi-deus e Catelyn um cadáver vingativo com humanidade negativa. Tirando Robb, Ned e Jon (que ainda está morto nos livros) diria que o saldo foi bem positivo.

Ah, e tem a Sansa, que vamos falar melhor a seguir.

4) A mudança (positiva) da Sansa

Não vou nem perder meu tempo recitando quão desnecessário foi fazer Sansa, depois de tudo que ela passou, casar com Ramsay e ser estuprada por ele. Nos livros, ela está tomando rumos muito mais interessantes.

Primeiro porque continua com Mindinho no Ninho da Águia e, aparentemente, está aprendendo muito com ele. Começamos a ler sinais de que irá se tornar uma manipuladora de mão cheia, sem perder a beleza, o sorriso e a doçura. Uma falsiane profissional que deixaria Cersei comendo capim.

A mudança da Sansa

Na série, ela mudou muito também, mas não consigo encarar isso como uma coisa boa. Ela se tornou alguém amargurada, triste, destruída por dentro, algo bem próximo do que Cersei. Acho um pouco injusto, depois de tudo que Sansa passou, acabar se tornando uma mera imagem espelhada de Cersei. E ela? Quem é Sansa de verdade? Qual característica dela, e só dela, ela vai usar para dar a volta por cima?

Pra mim, a Sansa da série não está dando a volta por cima, está rastejando no chão e mordendo uns calcanhares na sombra do Jon Snow. Isso NÃO É JUSTO com a personagem tão ricamente costurada por Martin. Ela merece mais.

Cena de GOT

(Apesar de tudo, essa cena foi bem legal.)

[easy-tweet tweet=”8 diferenças entre o livro e a série Game of Thrones que fizeram falta para os leitores:”]

5) Daenerys realmente domando Drogon

Vamos relembrar o momento da série em que Daenerys monta Drogon: uma cena bem mal feita de um punhado de Filhos da Harpia “dançando” em volta de um anão, uma aia, Daenerys e uns gato pingado armados. Eles atacam um de cada vez, organizadamente e respeitando a fila, mesmo que o objetivo seja matar todo mundo.

Com toda essa educação e respeito a filas, entrar num trem na CPTM causa mais mortes do que a rebelião em Meeren.

Daenerys realmente domando Drogon

Em contrapartida, nos livros essa é uma das melhores cenas da Daenerys. Drogon na verdade surge atraído pelo cheiro de sangue das arenas. Rola uma fome dali, um pânico daqui, dragão e homens se atacando e começa a morrer gente sem parcimônia. Dany não poderia perder seu dragão nem deixar que ele comesse todo mundo da cidade. Sem pensar muito, toma a frente, pega um chicote e começa a adestrar o bicho. Dá umas chicotadas na cara dele NA MORAL. Não isso:

Daenerys

Quando a gente acha que ela vai morrer tostada (ao contrário da série, nos livros ela NÃO é imune ao fogo) Drogon abaixa a cabeça e se rende. Ela monta e cai fora pra não morrer, porque a pesquisa de satisfação do governo dela já não andava boa antes disso, imagine depois.

Se você não quiser ler todos os livros, eu recomendo ler pelo menos esse capítulo, porque é INFINITAMENTE melhor do que aquele circo que fizeram na série. Só dizendo.

6) Conspiração de Doran Martell contra Porto Real

O núcleo de Dorne na série é tão pobre que dá vontade de chorar. São uma das melhores famílias dos Sete Reinos, com legiões de fãs que idolatram o estandarte do sol, e o que fazem na série? Um Doran ótimo em fazer papel de trouxa, um Trystane triste até no nome, uma Ellaria sem limites e Serpentes de Areia que só rendem umas ceninhas desnecessárias de ódio e demonstração de sensualidade/força, se quer saber.

Conspiração de Doran Martell contra Porto Real

Nos livros, Ellaria não quer guerra nenhuma. Ela quer que tudo acabe ali, quer a paz, teme pela vida das filhas e sabe que morte alguma trará Oberyn de volta. As Serpentes de Areia são realmente guerreiras, enquanto a série só mostra bla-bla-bla e peitos. E Doran Martell CONSPIRA contra a coroa desde a morte de Elia, sem ninguém saber disso.

Como? Estabelecendo um acordo de casamento entre sua primeira filha, Arianne (cortada injustamente da série) com Viserys, para que pudessem firmar aliança na hora certa e ajudar os Targaryen a retomar Westeros. Assim, ele causaria a queda dos Lannister e colocaria Dorne no governo dos Sete Reinos.

Infelizmente o plano dele não deu muito certo, porque Viserys era um zé nadinha e morreu “coroado” cedo demais. Doran tentou reverter com um acordo de casamento entre Daenerys e seu filho Quentyn (segundo na linha de sucessão, porque Dorne é uma terra evoluída e mulheres podem governar), porém, ele era um tanto desajambrado e não despertou o interesse de Dany.

Que fim teve Quentyn? Depois que Dany sumiu montada no Drogon, o garoto decidiu que, por ter sangue Targaryen numa linhagem qualquer, poderia domar um dos dragões e salvar a cidade, para quem sabe cair nas graças da Daenerys. Morreu pelas queimaduras duas semanas depois.

Drogon

7) Jovem Griff

Essa é uma reviravolta bem interessante que não teremos o prazer de ver na série. Nos livros, enquanto tenta chegar a Meeren, Tyrion encontra um tal de Griff e Jovem Griff. Viajando com eles, nosso anão pra lá de espero descobre que Griff é Jon Connigton, um grande amigo de Rheagar Targaryen, e o Jovem Griff é AEGON TARGARYEN.

Sabe quem é Aegon Targaryen? Filho de Rheagar com Elia Martell, que todos acreditavam ter morrido nas mãos do Montanha.

Pensa no rolo monstruoso que vai dar isso aí se ele for mesmo o filho de Rheagar? A cara de Westeros toda vai ficar no chão. E o garoto é perigoso, porque já está esticando as asinhas e conquistando algumas coisas por aí.

Nos livros, Daenerys é a rainha soberana de nada, por enquanto. Mas o jogo pode virar quando os ventos do inverno chegarem.

Jovem Griff

8) Cara-Malhada

Ok, este não é um personagem tão significante, mas eu e todos os leitores com quem conversei tivemos a opinião unânime de que Cara-Malhada É MUITO LEGAL. Não sabe quem é? Vou explicar.

Cara-Malhada é um bobo muito amigo de Shireen, mas que não tem graça nenhuma. Tem uma aparência bem esquisita, o rosto é tatuado num padrão xadrez (cara malhada, né) e ele caminha meio de lado, como um caranguejo. Ele é MUITO sinistro e só Shireen parece gostar dele. Ele foi comprado (escravo mesmo) pelo avô da menina. Era um rapaz inteligentíssimo, mas o navio em que estava naufragou e só ele sobreviveu. Foi encontrado na costa da praia uns dias depois, não falando coisa com coisa, só umas frases soltas “sem sentido”. Aham, sei.

Nos livros, as músicas que o Cara-Malhada canta estão cheias de significados ocultos e profecias que rendem teorias maravilhosas entre os fãs. Esta, por exemplo, parece ter previsto o Casamento Vermelho:

Sangue de bobo, sangue de rei, sangue na coxa da donzela, mas pros convidados e noivo, correntes, lá, lá, lá.

Você reparou na musiquinha que encerra o quinto episódio da terceira temporada? Na voz da Shireen? É dele.

A própria Melisandre afirmou que o que ele fala não são aleatoriedades, já o viu nas chamas uma pá de vezes e tem certo medo dele.

O QUE DIZER DE UM PERSONAGEM QUE A MELISANDRE TEM MEDO?

Melisandre

Que ele deveria estar na série. E só.

Apesar dessas 8 diferenças entre o livro e a série Game of Thrones que fizeram falta para os leitores, adoro assistir GoT e mal posso esperar pelos próximos episódios. Tá chegando!

E você, leu os livros e sentiu falta de mais alguma coisa na série? Acha que as modificações não fizeram falta alguma? Deseja incluir ou excluir algo desta lista? Conta tudo pra gente aqui nos comentários!