Você já se perguntou como surgiu o jeans? Ele é um dos tecidos mais utilizados para a confecção de roupas e pode ser encontrado em uma série de peças diferentes, desde as mais básicas até itens sofisticados e modernos.

Mas nem sempre o jeans foi um tecido para roupas! A história do seu surgimento é muito interessante e revela detalhes importantes sobre o material.

Este post mostra como ele surgiu, como se tornou um tecido para calças e como vem sendo usado em diferentes itens da moda. Confira!

A criação da calça jeans

O imigrante alemão Levi Strauss chegou a São Francisco, Califórnia, em 1853, época da corrida do ouro, para trabalhar como comerciante. Entre os produtos que vendia, havia uma espécie de lona, bastante resistente, usada para cobrir as carroças dos mineiros.

A calça feita com esse tecido surgiu em 1873, após Levi Strauss e Jacob Davis, um alfaiate, identificarem a necessidade de roupas mais resistentes para os mineradores da região. As calças fabricadas por eles tinham rebites de cobre nas extremidades dos bolsos e se tornaram um grande sucesso.

A popularização e a fabricação

Após a grande sacada, Strauss investiu pesado na confecção de calças jeans, que, no início, eram em uma tonalidade marrom, só que mais clara. Ele montou sua própria fábrica, a Levi’s, e lá produzia o mais famoso modelo da marca, o 501, que perdura até hoje.

Levi's Jeans 501

Por décadas, as calças permaneceram como roupas de trabalhadores, especialmente aqueles que atuavam nos campos, já que as fazendas eram muito comuns nos Estados Unidos.

Já grande, a marca de Levi Strauss e Jacob Davis teve a grande sacada que transformou a calça jeans em um artigo de moda, e não mais um uniforme de trabalho. A empresa resolveu colocar uma publicidade das calças em uma conceituada revista de moda, a Vogue.

O anúncio foi pontual e mostrava duas moças de classe alta visitando uma fazenda, vestidas com suas calças 501. A propósito, o passeio era bem comum entre as pessoas com maior poder aquisitivo e, de fato, elas se vestiam assim, durante essas ocasiões. Nesse momento, a calça jeans explodiu na moda!

Durante o tempo, o modelo 501 da Levi’s foi ganhando verdadeiros seguidores, que não usavam outra calça. Um dos adeptos mais fiéis do clássico jeans americano, podemos destacar Steve Jobs, que sempre que aparecia estava usando o seu tradicional jeans e a camiseta preta manga longa.

Steve Jobs Calça Jeans 501 Levi's

O documentário abaixo mostra a verdadeira história da criação do jeans 501, sem dúvida, o modelo mais conhecido e popularizado ao redor do mundo.

A versatilidade do jeans e as tendências atuais

A década de 1950 foi marcante para a abertura de espaço para mais peças, além das calças: jaquetas, macacões, saias, camisas e até vestidos surgiram. Alguns caíram com o tempo e outros itens se mantiveram em alta com o passar dos anos.

Atemporal, o jeans nunca perdeu espaço na moda e continua como um item básico e necessário em qualquer guarda-roupa de uma pessoa estilosa, independentemente do seu gênero. A calça, claro, é o item mais universal e hoje tem características marcantes.

Calças destroyed e com modelagem variada

A rebeldia de outrora é representada hoje pelos jeans destroyed, que, como o próprio nome sugere, têm aparência detonada, com muitos rasgos e lavagem com aspecto desbotado.

Calça Jeans Destroyed

Os ajustes podem variar. Os skinny jeans de alguns anos atrás já não são mais febre, mas ainda permanecem como uma opção para que curte um jeans ajustado. As modelagens mais retrôs, com as pernas largas, têm conquistado fãs.

As jaquetas seguem em alta

As jaquetas jeans são as queridinhas entre as variações da peça e, cada vez mais, são espaços para a criatividade. Também rasgadinhas e desgastadas, agora a customização por meio de pinturas e manchas são uma tendência.

Jaqueta Jeans

O jeans em outros itens

As camisas foram uma grande febre em 2011 e 2012, mas permanecem como um item bem versátil e ótimo, se bem combinado. Entre as meninas, o short é indispensável para looks despojados, em dias mais quentes.

Independentemente da peça, o jeans segue com a proposta inicial: um tecido que traz resistência e muita neutralidade às peças.

Agora que você já sabe como surgiu o jeans, siga-nos nas redes sociais e tenha sempre acesso a conteúdos como esse. Estamos no Facebook, Twitter, Google Plus, Instagram, Pinterest e YouTube.