Se o trabalho dos sonhos dos nossos pais era aquele que oferecia estabilidade, hoje isso não é suficiente para satisfazer os chamados Millenials e a geração Z. Os jovens estão buscando não apenas sucesso profissional, mas sobretudo liberdade e qualidade de vida. Para isso, estruturar novas formas de trabalho, que agreguem no bem-estar dos funcionários estão em alta!

A tecnologia avança cada vez mais rápido, os profissionais das mais diversas áreas estão se reinventando e isso significa, entre outras coisas, que o jeito de trabalhar está mudando.

Empresas criativas, funcionários motivados!

Cada vez mais as pessoas estão descobrindo que o ambiente conta muito para a produtividade e qualidade no trabalho. Startups, agências de publicidade e grandes empresas como Google e Facebook já investem há algum tempo em espaços criativos em seus escritórios.

Por mais banal que pareça, mudanças como paredes coloridas e ilustradas, ausências de divisórias e espaços de diversão e convivência fazem de fato diferença no ânimo dos funcionários (desde que isso não seja apenas um compensador por intermináveis horas extras!).

O Nubank, empresa moderninha do segmento bancário que vem crescendo cada dia mais no Brasil, é adepta desse novo modelo que mistura trabalho e lazer. Entre os diferenciais para quem trabalha lá está a possibilidade de levar seus pets para o escritório!

Já foi comprovado cientificamente que ter um animal de estimação no ambiente de trabalho é benéfico tanto para os donos quanto para as demais pessoas da equipe – desde que não tenham medo ou sejam alérgicas, é claro. Além de reduzir os níveis de estresse, a presença dos bichinhos eleva a sensação de bem-estar tanto para eles quanto para os humanos. Os funcionários aprovam a ideia!

Conheça as novas formas de trabalho:

Home Office

Business image created by Jcomp – Freepik.com

Outra forma de trabalhar que vem ganhando força é o home office ou trabalho remoto. Trabalhar de casa já é prática comum entre os freelancers e agora começa a se estender para o mundo corporativo. No Brasil ainda é um conceito recente para as empresas. Líderes não familiarizados com a ideia tendem a desconfiar de que possa funcionar. Mas funciona! E muitas vezes a produtividade é maior do que mantendo toda a equipe no mesmo ambiente.

Trabalhar de casa exige muita disciplina e auto-controle. Mesmo para quem pode escolher os próprios horários, há várias distrações durante o dia que devem ser evitadas para que se crie uma rotina produtiva.

O fato de ter mais tempo livre, descontando as horas de trânsito que serão evitadas por exemplo, possibilita um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Mas o que é uma vantagem pode se tornar um fardo sem um bom gerenciamento do tempo. Não é raro acabar trabalhando por mais horas quando sua casa vira seu escritório. É importante delimitar e cumprir um horário de trabalho e não ficar disponível 100% do tempo.

Dicas para quem quer trabalhar de casa:

  • Estabeleça uma rotina. Eu sei que a maior vantagem em trabalhar de casa é justamente não ter rotina, mas definir mais ou menos um horário de início e fim do seu trabalho ajuda a separar o profissional do pessoal. Você pode usar um Bullet Jornal para organizar tudo o que tem que fazer.
  • Tente não atender demandas profissionais após o seu horário de trabalho.
  • Se não estiver produzindo, faça uma pausa! Não adianta ficar horas olhando para uma tela em branco. Vá passear com o cachorro, fazer um bolo, assistir uma série… as melhores ideias costumam vir em horas como essas! Você voltará revigorado para continuar.
  • Se morar com mais gente, tente escolher um lugar mais tranquilo, longe de ruídos e distrações. Converse com eles para que entendam que apesar de estar em casa, você está trabalhando.
  • Deixe o ambiente de trabalho agradável. A decoração, iluminação e conforto do espaço onde você vai trabalhar faz toda a diferença para ter uma jornada mais agradável.
  • Tire o pijama! É claro que não tem coisa melhor do que trabalhar de pijama debaixo das cobertas num dia chuvoso de inverno, mas faça disso uma exceção. Tomar banho e trocar de roupa antes de começar a trabalhar costuma fazer com que o corpo entenda que é hora de produzir.
  • Mude de ares! Fazer home office é maravilhoso mas pode ser bastante solitário. De vez em quando vá trabalhar de um café ou coworking, almoce com amigos e colegas de trabalho, tenha um dia diferente!

Leia aqui mais dicas para te ajudar a equilibrar o trabalho com a vida pessoal!

Coworkings, compartilhando espaços e ideias

Campus São Paulo | Foto: Selena Escher via Follow the Colours

Hoje em dia o escritório pode ser qualquer lugar com tomadas e acesso a internet! Quem tem flexibilidade de trabalhar remoto aproveita essa vantagem para diversificar a rotina. Cafeterias e coworkings costumam ser boas alternativas ao home office.

Os coworkings oferecem não só um ambiente profissional fora da sua rotina, mas também uma oportunidade de trocar experiências com pessoas diferentes e ampliar a rede de contatos. É uma das novas formas de trabalho que vem ganhando cada vez mais espaço.

O Google abriu recentemente na capital paulista o Campus São Paulo, um prédio com espaços voltados a empreendedores, startups e freelancers. O Campus Café é a área aberta aos membros, onde há Wi-Fi gratuito, cafeteria, área de lazer e até uma “área do silêncio”. Os outros andares são reservados à equipe do Campus e às startups residentes. Além disso há uma agenda com cursos e eventos relacionados ao mundo do empreendedorismo.

A utilização do espaço é gratuita. Para se cadastrar como membro basta preencher este formulário.

Também em São Paulo e com alguns endereços no Rio, a House of All tem um conceito multifacetado de espaços compartilhados. Enquanto a House of Work funciona como um coworking com salas exclusivas e individuais, a House of Learning é focada em aluguel de espaços para aulas e eventos relacionados à educação. Há também a House of Food, que possibilita chefs e entusiastas da cozinha a terem seu próprio restaurante por um dia e a House of Bubbles, que além de lavanderia funciona como bar e brechó colaborativo.

As casas funcionam em esquemas de aluguéis e assinaturas, conectando pessoas criativas e incentivando a economia colaborativa.

Novas formas de trabalho | Economia colaborativa na House of All
Foto: @ihateflash via redbull.com

Com o mundo cada vez mais online, o jeito de trabalhar será reinventado constantemente de acordo com os desejos e necessidades dos novos profissionais. Você está pronto para o futuro? Como sua empresa tem se preparado para as novas formas de trabalho?

Se você gostou desse post, pode conferir vários outros conteúdos no meu blog pessoal, o Quero Ir Lá

Você também vai gostar: