A arte de rua é um movimento de manifestação e comunicação que marcou diversos movimentos de contracultura durante a história da humanidade. Da Roma Antiga aos protestos brasileiros de 2013, passando pelos códigos dos cristãos primitivos e manifestações políticas da década de 1960, o grafite é a história da humanidade contada por meio dos muros. E é também arte acessível, ao ar livre e à disposição de todos.

Logicamente, nosso país não está de fora dessa: existem artistas de rua brasileiros conceituados no mundo inteiro. Então, para saber mais sobre esses grandes nomes nacionais, continue lendo e confira nossa lista!

Quem são os artistas de rua brasileiros conhecidos pelo mundo?

Kobra

O paulistano Eduardo Kobra começou como pichador artístico, passou pelo grafite e, hoje, considera-se um muralista. Com mais de 30 anos de carreira, o artista começou aos 12, mas a grande mudança em sua vida aconteceu apenas em 2005: na obra “Muros da Memória”, retratou fotografias antigas e cenas do cotidiano da cidade de São Paulo.

Artistas de rua brasileiros - Kobra

Kobra se inspira em objetos e fotos do passado, além de artistas consagrados, como Diego Rivera e Di Cavalcanti. Assim, seus retratos realistas em preto e branco contrastam com as formas geométricas multicoloridas.

Uma de suas obras mais marcantes é o imenso mural “Povos nativos dos 5 continentes”, próximo à praça Mauá, no Rio de Janeiro. Kobra entrou no Guinness Book de 2016 com ela obra, considerada o maior grafite do mundo.

Os Gêmeos

Nascidos em São Paulo, os irmãos univitelinos Otávio e Gustavo Pandolfo formam a dupla de artistas de rua brasileiros mais famosa, dentro e fora do País. Seus grandes personagens de pele amarela são muito característicos ― é difícil não identificar o traço da dupla.

Artistas de rua brasileiros - Os Gêmeos

Os Gêmeos começaram aos 13 anos, grafitando os muros do bairro Cambuci. Hoje, eles já pintaram edifícios nos EUA, Portugal, Inglaterra, Grécia e Cuba.

Alex Senna

Nascido no interior de São Paulo, em Orlândia, Alex Senna tem um traço lúdico e, muitas vezes, traz elementos infantis aos desenhos, como balões, corações e pássaros.

Suas ilustrações, sempre em preto e branco, retratam cenas e sentimentos do cotidiano, como o afeto entre casais e a solidão das cidades. Ele se inspira na própria vida para fazer sua arte, embora não queira trazer nenhuma mensagem específica ― cada espectador reage de uma maneira diferente.

Artistas de rua brasileiros - Alex Senna

Senna carrega influências tanto do grafite(Twist, Herbert, Speto, Onesto) quanto dos quadrinhos (Will Eisner, Daniel Clowes, Walt Disney, Maurício de Souza, Ziraldo e Quino). Inclusive, um dos elementos que mais aparecem nos murais de Senna é o passarinho que, segundo ele, é a consciência humana, “o grilo falante do Pinóquio”.

Zezão

Há quase 25 anos que José Augusto Amaro Handa, mais conhecido como Zezão, vem fazendo dos muros suas telas. O artista ganhou fama ao pintar as galerias pluviais, redes de esgoto e casas abandonadas da cidade de São Paulo.

Inspirado nos Gêmeos, Zezão começou a grafitar para manter uma ligação com a cultura das ruas, já que um acidente em 1995 o impediu de continuar no skate. Porém, seu estilo ganhou forma quando conheceu o trabalho de Jean-Michel Basquiat. Ele então incorporou as cores (mais especificamente o azul), a assimetria e a fluidez como elementos principais de suas obras.

Artistas de rua brasileiros - Zezão

Zezão já expôs seus desenhos em Brighton, Florença, Frankfurt, Hamburgo, Londres, Los Angeles, Nova York, Paris, Praga e Wuppertal.

Enfim, a arte de rua é uma manifestação cultural que vem dos primórdios da humanidade. Hoje, como vimos, é uma exposição a céu aberto que projetou artistas para o estrelato. Ainda assim, a maioria não abandona suas raízes: os muros.

Então, gostou de saber mais sobre os artistas de rua brasileiros? Aproveite para compartilhar este post nas suas redes sociais para que mais pessoas conheçam e valorizem esse trabalho!